Molho, extrato, polpa… Qual a diferença?

31 ago 2021 | Mallmann no mundo gourmet

Morando sozinho, se aventurando na cozinha ou apenas um curioso sobre a gastronomia? Seja qual for o seu caso, é bem possível que uma hora ou outra você se deparou com a dúvida de qual a diferença entre tantas opções com tomate para acompanhar a macarronada do domingo. Industrializados ou in natura, há molho, extrato, polpa e até tomate pelado para adicionar mais sabor às receitas do seu dia a dia. Na prateleira do mercado são dezenas de opções para escolher: com tempero, sem tempero, com pedaços, sem pedaços, com adição de sabor, outros mais tradicionais… Ufa! Como entender esse mar de possibilidades?

Primeiramente, é importante saber que além de saudável, é muito mais saborosa a textura pura do tomate in natura para adicionar às receitas. O Tomate Italiano Mallmann, por exemplo, é um dos nossos mais indicados para compor molhos, extratos e polpas caseiras. Facilmente identificado pelo consumidor devido ao seu formato ovalado, ele tem sabor levemente adocicado e pouca água na composição, garantindo muita cremosidade para os seus pratos. O que vai fazer diferença de verdade no resultado é a concentração do produto e é isso que influencia mais em cada categoria. Olha só:

Molho de tomate
O molho de tomate pronto, industrializado, é ultraprocessado. Sua composição vem pronta para utilizar, já temperado. É menos concentrado porque tem outros ingredientes além do tomate. Quando feito em casa, é o molho já finalizado, aquele que vai na lasanha e no espaguete. Ele é ideal para quem busca praticidade na cozinha e quer economizar tempo no dia a dia. Para quem não abre mão do sabor, aí vai uma dica: você pode fazer o seu molho caseiro e congelar, usando só quando e na quantidade exata que precisar!

Extrato de tomate
Super comum na seção de atomatados, o extrato é bem concentrado, precisando ser diluído para utilizá-lo. Ele costuma ser usado principalmente para adicionar cor aos pratos. Diferente do molho, ele não é temperado, é basicamente composto por tomate cozido e apurado apenas acrescido de sal e/ou açúcar, sendo a opção mais concentrada dos três. Embora dê mais cor e consistência aos pratos, é preciso bom senso, pois seu uso exagerado pode comprometer o prato! Essa opção também pode ser feita em casa e congelada: muito mais saudável para consumir no dia a dia!

Polpa de tomate
É a polpa de tomate cozida, sem pele e sem sementes, com adição de sal. Geralmente tem uma textura semelhante a um purê, justamente por ser batido. É indicado para facilitar o preparo do molho temperado e pratos do dia a dia, como um espaguete com almôndegas, ou também para receitas em que o molho já tenha seus próprios temperos ou que precisam realçar o sabor autêntico do tomate. Sem adição do sal, a polpa passa a ser uma passata de tomate, também conhecido como purê de tomate, cuja diferença se baseia numa consistência mais espessa e um sabor mais profundo do que o molho.

Agora que você já sabe a diferença, não precisa mais ficar confuso no supermercado e nem se atrapalhar na hora de escolher seus tomates na seção de hortifruti! Procure uma das nossas receitas aqui no site e aproveite o melhor do sabor dos Tomates Mallmann!